Sem pé nem cabeça, mas com sentido

Ao longo da vida passei por pouquíssimos, mas, preciosos momentos daqueles que desejamos parar o tempo, congelar e fixar em nossa mente de tão felizes que nos sentimos. Até parecer que tudo o que passamos e toda a vida foi feita somente para chegarmos nesses momentos. O que nunca se espera é que um momento desse poderia vir de um dia comum, após uma viagem de algumas horas, do trabalho para casa; de início, tive uma leve surpresa, pois tinha uma velha de noventa anos sentada no sofá. Um evento para o qual nos preparamos e esperamos a vida toda pode vir de um diálogo com uma velha de noventa anos? Não pode. Sem pé nem cabeça. Então, lhe disse: Amanhã eu começo; Velha: Você começa amanhã?; Eu: Sim; Velha: Vá com os dois pés no chão e uma mão no bolso. Sobre os pés no chão eu até entendi, mas e a mão no bolso? Não faz sentido. Não tinha como, perguntei-lhe: Mão no bolso?; Um breve silêncio e depois com muita paciência na voz a velha disse: Sim, mão no bolso, tem muita gente em volta olhando e você não sabe quem é. Por dias tentei relembrar e reviver aquela felicidade. Mas não dá. Faz sentido. Let´s Explore!

#velha #felicidade

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo