Quando o pânico chega você sente a morte do lado.

Quando o pânico chega você sabe que se não fizer nada a morte chega rápido. É um momento excitante, mas você não pode ficar nele muito tempo. Às vezes não tem volta. Sentado numa pedra, água correndo forte a altura da canela, o vento e a névoa que descia do canyon gelava a nuca e as orelhas fazendo o corpo todo tremer, não se via mais que um metro à frente, não sei quantos graus estava, apenas sei que a hipotermia ainda não havia chegado porque o fato de neoprene estava me protegendo. A única corda que possuíamos tinha ficado presa uns dois rapéis para cima. O pânico chegou. O senti no meu coração e naquele momento só me apetecia chorar e gritar, podia ver a morte em todo o lugar que eu tentava olhar e achar uma saída, entrar no rio novamente, escalar 40 metros de canyon molhado, ficar sentado ali no frio... Tanto faz, ao menos tinha o privilégio da escolha. E aí, como vai querer morrer hoje? Só não gritei e chorei porque, no passado, constatei que isso não funciona, gritei desesperadamente de saudade dos meus pais, tinham saído para ir ao mercado e eu gritava cada vez mais forte para que eles voltassem, não adiantou. O pânico realmente chegou, mas gritar e chorar não ia me tirar dali. Foi grandioso sentir o pânico dentro de mim e a morte ao meu lado, mas já era suficiente. Uma pedra do tamanho de um saco de arroz despencou ao meu lado, e mais pequenas pedras caindo no deslizamento gerado pela forte chuva que caía. Comecei a pensar, ver a morte foi bizarro, mas eu não queria morrer ali. Continua... Let's Explore.

#canyoning #esporte #canion #pânico #esporte #morte #life

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo